quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Arvorar musical


Era de manhã, o sol derretia os cristais de gelo que caíra enquanto ainda era frio.
Não havia nada ao redor.
Do outro lado da ponte, se via uma fileira poética.
As árvores estavam em perfeita harmonia. Frondosas, com flores e folhas que completavam o refrão.
O som vinha de todos os lados, os passarinhos anunciavam o início da manhã, que brilhava tudo ao redor.
Parecia música. Havia ritmo, dó ré mi, e sol lá si dó.
Acalmava a alma e acalentava o coração. Foi um belíssimo encontro com a natureza, a maior vibração de sua magnitude. Foi como mergulhar nos sentimentos mais puros, e sair transbordando de gratidão.

Foto e texto: Cristiane Fonseca

quinta-feira, 31 de março de 2016

Quando ela se viu por inteiro...

Quando ela se viu por inteiro, soltou um vasto sorriso que deu a volta ao mundo. Foi como um turbilhão. Despertou os pensamentos mais secretos, alegria incontida e satisfação que transbordava. 

Apesar de desconhecido, se sentiu a vontade com isso.

E, no entanto, sabia que a descoberta de si mesma é apenas o início de tudo.

Por: Cristiane Fonseca
Todos os direitos reservados.

sábado, 5 de março de 2016

Quando a vida tem verdadeiro sentido


Foto de Cristiane Fonseca
Medo é a ilusão de algo que não se conhece.
Sorriso é a alegria que a alma reconhece
Amor verdadeiro é o que sentimos por nós mesmos
Valorizar a si próprio é aquilo que fazemos primeiro 
Paz interior é a Fé praticada
Imaginação é viver num mundo onde tudo é possível
Liberdade é ter seu poder de escolha
Felicidade é colocar tudo isso em prática.

Texto e foto: Cristiane Fonseca

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Presente

Fonte
A saudade é alimentada pelo passado
A esperança é encontrada no futuro
A realidade habita unicamente o presente.

A saudade regride,
a esperança progride
mas só a realidade executa.

O gás que nos move para frente é o conjunto da saudade, da esperança e da realidade. Passado, presente e futuro vivem em perfeita harmonia. Porém, saiba aplicar as devidas prioridades em cada tempo.

Cristiane Fonseca