quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Arvorar musical


Era de manhã, o sol derretia os cristais de gelo que caíra enquanto ainda era frio.
Não havia nada ao redor.
Do outro lado da ponte, se via uma fileira poética.
As árvores estavam em perfeita harmonia. Frondosas, com flores e folhas que completavam o refrão.
O som vinha de todos os lados, os passarinhos anunciavam o início da manhã, que brilhava tudo ao redor.
Parecia música. Havia ritmo, dó ré mi, e sol lá si dó.
Acalmava a alma e acalentava o coração. Foi um belíssimo encontro com a natureza, a maior vibração de sua magnitude. Foi como mergulhar nos sentimentos mais puros, e sair transbordando de gratidão.

Foto e texto: Cristiane Fonseca

5 comentários:

  1. Bela foto e bonito texto ;) Parabéns =)

    http://emierre-photography.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. São dos melhores encontros estes com a natureza!
    Muito bonito!
    Bjs Cris

    ResponderExcluir
  3. Que lindo , amei!!!

    ameninadeteusolhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Entrar em sintonia com a frequência energética da natureza é uma das melhores experiências que podemos vivenciar - e também uma ótima forma de equilibrar suas próprias energias.

    Continue escrevendo :)

    ResponderExcluir
  5. Boa noite! me segue que eu sigo de volta no Google+

    Endereço meu blog: http://nintudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir